sexta-feira, 26 de junho de 2009

Teoria 3D - Parte 1 - Espaço 3D

Eu resolvi aprender um pouco melhor e explicar para as pessoas a teoria 3D do início. Afinal, nunca é demais conhecer os fundamentos das coisas com as trabalhamos ou gostamos.

Para começar, vou falar do espaço 3D, o espaço onde vivemos.
Vamos começar definindo as as 3 dimensões:

0) Zero dimensão: Um ponto é um exemplo de algo sem dimensão. Um ponto possui uma posição no espaço, mas não tem comprimento, altura ou profundidade.

1) Primeira dimensão: Um objeto de uma dimensão é uma simples linha. Possui comprimento, mas não tem altura ou profundidade.

2) Segunda dimensão: Um objeto de duas dimensões possui duas das três dimensões a seguir:

* Comprimento
* Altura
* Profundidade

Escolha uma das dimensões e chame de A. Pegue a outra e chame de B. O retângulo representa um objeto bi-dimensional. Todos os objetos de duas dimensões são perfeitamente achatados, praticamente como uma folha de papel. Esses objetos são chamados: Planos


3) Terceira dimensão: Um objeto de três dimensões possui tanto comprimento como altura e profundidade.


O cubo é um objeto tridimensional. Possui comprimento, altura e profundidade. Até aqui, é tudo bastante simples, mas o difícil é criar objetos tri-dimensionais em ferramentas bi-dimensionais, como é o caso do seu monitor. Seu mouse também se move em apenas duas dimensões: e no monitor, ele vai para esquerda ou direita, para cima ou para baixo, mas não é capaz de se aproximar ou se distanciar da tela. Além disso, mecanismo de saída (TV, folha de papel, celular, etc) só possui duas dimensões (pelo menos por enquanto).

Para representar a terceira dimensão, usamos uma ilusão optica chamada perspectiva.

Podemos entender a perspectiva como sendo a tendência dos objetos parecerem cada vez menores conforme se afastam de nós. Até desaparecerem no horizonte em um local chamado vanishing point (ponto de fuga). É o que acontece quando se está em uma estrada reta e olha-se para as linhas paralelas dela. Elas parecem afunilar-se e tendem a se encontrar na linha do horizonte.

O que os softwares 3D fazem é criar um espaço virtual de 3 dimensões. E nós podemos manipular o cubo separando ele em três planos diferentes (views). Seriam eles o plano AB, o plano AC e BC. Todos os softwares ainda possuem uma view que é a visão em perspectiva.


A imagem mostra a macaquinha (Suzanne) do Blender, vista em cada um dos planos e na visão de perspectiva.

Estes são apenas alguns conceitos fundamentais. Na próxima parte, vamos passar para as coordenadas cartesianas

Outros posts do Fábrica 3D

Related Posts with Thumbnails